Produção mineira de cana-de-açúcar deve crescer 3,3% nesta safra

Faleiro Food Service cresce 31% no primeiro semestre
23 de August de 2016
Faleiro desenvolve embalagem com atmosfera modificada para sua linha de salgados
2 de September de 2016

Produção mineira de cana-de-açúcar deve crescer 3,3% nesta safra

A produção de cana-de-açúcar em Minas Gerais foi estimada em 67 milhões toneladas, representando aumento de 3,3% frente à safra anterior, que foi de 64,93 milhões toneladas, conforme os dados do 2º Levantamento da Safra de Cana-de-Açúcar, elaborado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). No atual estudo, o volume ficou 4,13% menor que o registrado na primeira estimativa, divulgada em abril, quando a previsão era esmagar 69,89 milhões de toneladas. O destaque da safra será o açúcar, que está com demanda aquecida no mercado mundial.
De acordo com os pesquisadores da Conab, além do clima, que tem sido um forte aliado para o aumento na produção, a melhor remuneração dos fornecedores e recuperação dos preços do açúcar e do etanol no mercado interno e externo estimularam os investimentos nas lavouras, contribuindo para a maior produção.
A produtividade média observada nos campos é de 77,7 toneladas de cana por hectare, elevação de 3,8% frente à safra 2015/16. O regime de chuvas ocorrido na região produtora permitiu que o solo apresentasse boa umidade, sendo fundamental para o desenvolvimento correto e para a melhoria da qualidade produtiva dos canaviais.
Segundo os dados da Conab, a área produtiva se manteve praticamente estável com a utilizada na safra anterior, com pequena variação negativa de 0,5% e o uso de 862,5 mil hectares, contra os 866,5 mil hectares cultivados na safra anterior. Da área total em produção na safra atual, 510,5 mil hectares são das próprias usinas e 308,8 mil hectares de área de fornecedores.
A moagem em Minas Gerais foi iniciada em abril. Conforme os dados da Conab, o avanço da colheita e da moagem já atinge em média 45% do total a ser colhido.
Em todas as unidades, a produtividade média e a qualidade dos produtos são considerados superiores se comparados com a safra anterior. O clima seco vem favorecendo os trabalhos de colheita e moagem em toda a região pesquisada.
Mix de Produção – Com a demanda e os preços do açúcar em alta tanto no mercado interno como externo, as usinas tendem a aumentar a produção de açúcar em detrimento ao etanol. Outro fator são as exportações em alta, o que tem sido favorecido pelo real desvalorizado frente ao dólar no período de venda da safra. Em Minas Gerais, a previsão é que sejam fabricados 3,89 milhões de toneladas de açúcar na atual safra, o que, se alcançado, representará um avanço de 19,8% ou 644,6 mil toneladas a mais sobre a safra passada.
Para ampliar a produção, o volume de cana destinado à geração de açúcar foi ampliado em 20,9%, somando 30,7 milhões de toneladas, ante as 25,4 milhões de toneladas utilizadas na safra passada.
Nos primeiros sete meses do ano, os embarques de açúcar feitos por Minas Gerais somaram US$ 515,9 milhões, alta de 37,7%,  com a negociação de 1,59 mil toneladas, aumento de 40,4%.
Com a maior produção de açúcar, o volume de cana destinado à fabricação de etanol total ficará 8% menor na safra 2016/17, com previsão de esmagar 36,3 milhões de toneladas, ante as 39,49 milhões de toneladas processadas no ano safra anterior. A produção de etanol total foi estimada em 2,8 bilhões de litros, volume 9% menor, o que equivale a 276,4 milhões de litros a menos.
A fabricação de etanol anidro será 3,9% maior, com a geração de 1,07 bilhão de litros ou 40,3 milhões de litros a mais. Ao todo, serão utilizados 14,3 milhões de toneladas de cana para a fabricação, alta de 4,8%.
Já a produção de hidratado ficará 15,5% menor, somando 1,72 bilhão de litros. Na safra atual, deixarão de ser fabricados 316,7 milhões de litros do produto. O volume de cana utilizado na produção caiu 14,8%, com o processamento de 22 milhões de toneladas.
Balanço da Safra – De acordo com os dados divulgados pela Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (Siamig), até o dia 1 de agosto, já haviam sido processadas 33,95 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2016/17, em Minas Gerais. O volume está 10,4% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, quando a moagem era de 30,75 milhões de toneladas.
No acumulado da safra, a produção de açúcar já totaliza 1,95 milhão de toneladas, crescimento de 34% na comparação com a safra passada. A produção de etanol total cresceu 3%, com um volume de 1,37 bilhão de litros. No caso do etanol anidro, o crescimento foi de 15,71,% com uma produção de 513 milhões de litros. O volume de etanol hidratado alcançou
856,7 milhões de litros, queda de 3,5%.
Fonte:
Veículo: Diário do Comércio – Belo Horizonte – MG – Tiragem:14390
Caderno: Negócios – Página: 11
Data Publicação: 19-08-2016 751cm²

Comments are closed.