Faleiro Food Service aumenta portfólio

Faleiro troca buffet por fábrica de comida pronta
17 de August de 2015
Bate papo com os Clientes
27 de August de 2015

Faleiro Food Service aumenta portfólio

A Faleiro Food Service, empresa mineira que produz refeições, está lançando dois produtos e aumentando o portfólio. Agora, o consumidor terá também a opção de feijoada completa (com arroz e farofa) e pudim.

Foram aproximadamente nove meses de trabalho para desenvolver a feijoada, com preço médio de R$ 13 e o pudim, com preço médio de R$4,50. Tanto a refeição, quanto a sobremesa, seguem uma receita caseira e não possui conservantes. De acordo com a Faleiro, o pudim desenvolvido pela marca é o único no mercado que não perde o sabor depois do descongelamento. O produto está disponível nas versões individuais ou com 4 unidades.

Para produção da feijoada, foi necessário um processo amplo de pesquisa. Por se tratar de três elementos em uma refeição, a empresa analisou o processo de sinergia durante o processo de manipulação, aquecimento e congelamento. “Em nossa casa, por exemplo, é muito comum aquecermos um prato no micro-ondas e um dos ingredientes ficar quente, enquanto outros permanecem gelados. Desenvolvemos um produto que mantem um aquecimento por igual, conta Antônio Faleiro Neto, presidente da empresa.

Depois de realizar todos os testes, a refeição fica mais 120 dias armazenada antes de ir para o mercado. Nesse período, são realizados testes microbiológicos e físico-químicos para aprovação no setor de Qualidade. “Nosso objetivo é oferecer ao consumidor produtos com sabor e qualidade o mais próximo possível do que ele faria em casa, atendendo a uma demanda de mercado que exige praticidade ”, analisa Antônio Neto

Em Minas Gerais, os produtos da Faleiro Food Service podem ser encontrados nos supermercados Epa Plus, Super Nosso e Drogaria Araújo, e no Rio de Janeiro no Supermercado Zona Sul. Além disso, a Faleiro também pode ser encontrada em bares, restaurantes, hotéis e postos de gasolina, na versão em marca própria.

Fonte: foodservicenews.com.br

Comments are closed.